Estrangeiros no momento
2003-10-24
 
Os «amiguinhos» do costume (um desabafo cheio de inveja)
Responde-me o Nélson de Matos: "Obrigado pelo seu interesse." (Uma expressão feita com que eu embirro, e um dia explicarei porquê.) "Vargas Llosa não quis fazer sessões públicas, mas apenas com a comunicação social." Enfim, é lá com ele. Poucas pessoas gostariam tanto de trocar duas palavrinhas, ou pelo menos um aperto de mão (sim, e pedir um autógrafo...) com Vargas Llosa como eu. Tive de me contentar a vê-lo, à noite, ser entrevistado pela Judite de Sousa. Ouvi-lhe a voz, fiz uma imagem dele que não tinha, e já foi melhor do que nada. Mas eis que concluo que os amiguinhos do costume tiveram melhor sorte. OK, são "do meio", são poetas, são críticos literários, são jornalistas. Mas bolas.
Também é por estas coisas que eu sou de esquerda. FM

Powered by Blogger

Nedstat Basic - Free web site statistics