Estrangeiros no momento
2003-11-20
 
Estereótipos (III)
Epá, eu não falei em vergonha, para começar! E concordo com o que o Rui diz. A maioria dos emigrantes, de qualquer nacionalidade, está associada a profissões menos qualificadas, pois só emigra quem necessita em princípio. (Excepção feita aos judeus e a exilados, que são casos diferentes.) Também os ucranianos estarão, em Portugal, associados a empregos na construção civil, como os portugueses nos EUA. Só que os ucranianos não serão menos qualificados que os portugueses.
O texto do filho de um emigrante americano é notável na ironia e na capacidade de introspecção que revela. É por estas coisas que se vê de que é que os portugueses de facto gostam - dos hábitos que não são capazes de perder. E, em grande parte, ainda bem, digo eu! FM

Powered by Blogger

Nedstat Basic - Free web site statistics