Estrangeiros no momento
2003-11-28
 
Outros dias de Acção de Graças
O dia de Acção de Graças de que guardo melhores recordações é o de 1999, embora os motivos não sejam os mais esperados.
O local foi agradável e acolhedor para mim, mas não seria para qualquer pessoa. Foi em pleno campus da State University of New York, em Stony Brook, num apartamento de colegas onde nos costumávamos reunir todas as sextas-feiras à noite, para beber umas cervejas (no meu caso era mais vinho...) e falar da vida e do mundo. Não poderia estar mais em casa. Uma reunião como a de todas as semanas: aparentemente, só o menu era especial.
Passei outros dias de Acção de Graças igualmente em boa companhia, mas em localizações bem mais atractivas. Mas aquele foi especial para mim.
Durante o jantar, mais ou menos de dez em dez minutos eu ria-me e repetia "seven-zero!"
À medida que a noite avançava e as garrafas de vinho iam ficando vazias e sendo substituídas por rum dos Barbados, íamos jogando cartas (uma partida de Oh hell, um jogo australiano). Entre cada cartada, que eu ia ganhando sucessivamente até acabar por vencer o jogo, eu só recolhia as cartas e repetia "Benfica lost!"
Na altura o meu Sporting já estava nas boas mãos de um treinador ambicioso e competente como não voltou a ter, e já tinha encetado a espantosa recuperação que tornaria aquela época inesquecível.
Ah, como era bom o Thanksgiving nos Estados Unidos! Até neste aspecto! FM

Powered by Blogger

Nedstat Basic - Free web site statistics