Estrangeiros no momento
2003-11-29
 
Uma Apresentação Pelada
Existe um filme que fez muito sucesso: "O Piano". Se o valor deste filme é eventualmente duvidoso, ele me atrae acima de tudo pela identificação estranha que sinto com um momento de minha vida.
Há um momento dentro desse momento em que um elemento deste blog entra. Estamos em Caparica com ela e a sua filha, na zona de nudistas, ele e eu nos avergonhamos de desnudarmos, ela não. Ao final como uma espécie de statement nos desnudamos quando já não estamos cerca de ninguém conhecido (nem a filha e nem mesmo a mãe... o que era um detalhe importante para mim, para ele o detalhe mais importante era só a filha, creio) e mergulhámos no mar. Não, não foi nada de homossexual... Mas naquele momento ele, além de mim, também era este homem branco com medo que ficou na praia enquanto ela fugia com um miscigenado qualquer que não havia.
Existe uma segunda parte que nunca aparece nos filmes. Neste caso ele e eu tivemos sorte, e conseguimos encontrar nativas maoris maravilhosas por quem se apaixonar. (Aproveito para desejar que a mãe e a filha sejam igualmente felizes.)
Eu não conheço a sua maori (que é mais maori que a minha) mas estou seguro que tal como eu, ele descobriu que existem muitas praias no mundo além de Caparica (Itaparica por exemplo - este paréntesis não é só por Caetano), e que em alguma delas está a mulher exacta com a qual um homem deve se desnudar. Inclusive em público.
RF

Powered by Blogger

Nedstat Basic - Free web site statistics