Estrangeiros no momento
2004-08-08
 
Jazz em Agosto
Terminou hoje o Jazz em Agosto, o festival de jazz da Gulbenkian que decorreu
ao longo de toda a última semana. Para mim foi uma semana ocupada com todos
aqueles assuntos que só o tempo livre do verão nos permite resolver. Desde
ontem fora de Lisboa, este é mais um ano em que passei ao lado deste festival.
Mas já houve tempos em que as férias eram adiadas para ir aos concertos na
Gulbenkian, e o entusiasmo era tão grande como o do
Catarino.

O Jazz em Agosto nasceu como um festival de jazz centrado nas correntes mais
radicais da música improvisada, muitas vezes na fronteira do jazz. Mas a meio
dos anos 90 passou a alargar o seu campo da acção ao núcleo duro do jazz.
Nesses anos dourados era possível assistir em Lisboa a três festivais de
grande nível: o jazz mainstream aparecia no Estoril no fim de Junho, seguia-se
a Gulbenkian no início de Agosto, e em Outubro vinha o refrescante Seixal
Jazz, que nos trazia um jazz moderno e sem concessões, de vanguarda mas
ancorado na tradição.

Nesses anos ficaram claramente visíveis as condições superiores oferecidas
pela Gulbenkian. A localizaçao ímpar, tornando o acesso por transporte público
ideal, dispensando deslocações por automóvel. O magnífico cenário dos jardins
da fundação. A transparência do som no anfiteatro ao ar livre, que nenhuma
sala de Lisboa consegue atingir, e que perdoava o ruído dos aviões e do vento.
E sobretudo o apoio financeiro da Gulbenkian, que permitia assistir a concertos
de primeira linha por preços módicos. Recordo-me de ali ter visto três dos
bateristas fundamentais, Max Roach, Roy Haynes e Elvin Jones, a dois dos
grupos mais importantes do jazz de hoje, o Quarteto de Branford Marsalis e o
Quinteto de Dave Holland, e muitos outros...

Em 2000 a Gulbenkian entendeu que já havia uma oferta muito alargada em
Lisboa, e decidiu fazer regressar o festival às origens. Má hora... o jazz
perdeu o melhor festival, nenhum outro tem a capacidade financeira de manter
ano após ano tal consistência. Pouco depois o Seixal teve de passar a festival
bienal...
NA


Powered by Blogger

Nedstat Basic - Free web site statistics