Estrangeiros no momento
2004-08-27
 
País Cão


Mulher Cão - Paula Rego
Notícia do El País de hoje:
"El barco del aborto de la organización holandesa Women on Waves viaja rumbo a Portugal. El buque ha conseguido ya lanzar el debate sobre el aborto en este país , que posee una de las leyes más restrictivas de Europa en esta materia.
El barco, que ha actuado también en Irlanda y Polonia, (...)"
Já tivemos aqui uma larga discussão sobre a liberalização do aborto, e a minha opinião ficou lá guardada. Continuo a pensar que é absolutamente abominável que a principios do século XXI países europeus como Portugal possuam um sistema legal que continua a limitar gravemente a liberdade da mulher com base em argumentos que em última análise são todos somente religiosos (friso que disse "somente religiosos"), e por isso, irracionais e bárbaros.
É curioso como Portugal que no meio urbano da sua capital, Lisboa, se considera como possuindo uma cultura moderna e aberta, já que sabem todos falar inglês e só ouvem música anglo-saxônica e só lêem autores estrangeiros é o mesmo Portugal da proibição do aborto. Alguém estará cego, e não vê que para todos os efeitos em aspectos muito importantes estamos é na companhia de países como Irlanda e Polônia, onde os padres são quem escrevem as leis que regem e controlam seus cidadãos. Para século XXI me parece triste.
RF

Powered by Blogger

Nedstat Basic - Free web site statistics