Estrangeiros no momento
2004-08-31
 
Tolices "on waves"

Existe uma frase espanhola:

"Dejarlo que se muera tonto!"

E Goethe disse:

"Todos os mais sábios de todos os tempos
Sorriem e acenam e concordam:
Insensato teimar na correcção dos tolos!
Filhos do bom senso, ó tomai os doidos
Mesmo por doidos também, como deve ser!"

E Kundera disse (o disse que alguém disse para ser-se exacto):

"Supõe que encontras um louco que te diz que é um peixe e que somos todos peixes. Vais discutir com ele? Vais-te despir à frente dele para lhe mostrares que não tens barbatanas? Vais-lhe dizer de caras o que pensas?"

E eu pergunto: E quando são demasiado numerosos os loucos, e te dizem que são, que somos, peixes diariamente, em cada esquina? Poderás continuar sem tirar-te a roupa? Poderás seguir sorrindo, e acenando e concordando sempre? Mesmo sabendo que os tontos morrerão tontos mas não sem antes conseguir que vivas como se fosses um peixe?

Que fazer? Escrever um post?
RF

Powered by Blogger

Nedstat Basic - Free web site statistics